InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mateus
Profissional
Profissional
avatar

Mensagens : 767
Pontos : 771
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/07/2011
Idade : 28
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?   Qui 11 Ago 2011, 13:27

Já podia estar a picar, se não fosse a descida de divisão, garante António Fiúza. Agora tudo recomeça e logo contra o Benfica

Barcelos. O maior concelho do país anda em festa e os bilhetes para o Gil Vicente-Benfica de sexta-feira, jogo que marca o início do campeonato e da nova época de futebol, estão praticamente esgotados. A depressão que se instalou há cinco anos, com a descida de divisão imposta de forma administrativa, no caso Mateus, está ultrapassada.

Na época passada, quando a equipa treinada pelo campeão do mundo sub-20 de Riade, Paulo Alves, confirmou o título da segunda liga e a subida à primeira, os galos apresentaram a sétima melhor média de assistências entre todos os clubes profissionais. Não é brincadeira. No total foram 61 118 espectadores; nenhum outro clube do segundo escalão se aproximou. De resto, só Benfica, FC Porto, Sporting, Sporting de Braga, Vitória de Guimarães e Académica apresentaram registo superior. O Trofense, que também subiu de divisão, não chegou nem a metade desse número. É por isso que António Fiúza, presidente do Gil, diz ao i que é possível o clube crescer e morder calcanhares aos outros minhotos, Guimarães e Braga.

Mas já lá vamos, porque nem sempre foi assim. Recuemos cinco anos. A 22 de Agosto de 2006, o caso Mateus chegava ao fim e condenava o Gil Vicente à descida de divisão. O processo tinha começado em Janeiro (é preciso lembrar que estamos em Portugal?), com a recusa da inscrição de Mateus, um jogador angolano que na mesma época já tinha assinado um contrato profissional com o Felgueiras e outro amador com o Lixa. Entre acórdãos, recursos e suspeitas de corrupção nas instâncias desportivas, o Gil Vicente acabou penalizado por ter recorrido para os tribunais civis, o que vai contra as leis da FIFA. Depois o Belenenses é que acabou por ficar na primeira divisão (se bem que o Leixões também se tenha feito ao piso) e o Gil Vicente foi condenado à segunda liga e à tal fase depressiva. A revolta foi tal que o clube chegou a faltar a três jogos da liga de honra, aproximando-se de uma possível suspensão de cinco anos.

A primeira temporada na segunda divisão, em 2006/07, serviu para evitar mais uma descida. Em 2009/10 a equipa concentrou-se por fim no projecto de subida, objectivo conseguido na época passada com Paulo Alves e António Fiúza, treinador e presidente que tinham vivido a descida. Hoje é dia de falar com o dirigente.

António Fiúza, boa tarde. Há cinco anos o Gil Vicente viu confirmar-se a descida de divisão. O regresso tardou demasiado?
Foi uma travessia no deserto que nos custou muito. Confirmaram a descida de divisão a poucos dias do fecho das inscrições... e olhe, curiosamente, na altura também devíamos começar o campeonato com o Benfica, exactamente como agora, mas no Estádio da Luz. É preciso lembrar que descemos com batota, porque alguém entendeu que um contrato de um jogador [Mateus] deve ser julgado segundo a lei desportiva, ou seja, não é um caso administrativo. Um contrato é como um penálti ou um cartão amarelo? Qualquer pessoa pode recorrer para os tribunais civis e nós não podemos?

O Gil Vicente regressou transmitindo a ideia de que é clube para se manter de forma consistente na primeira divisão. É verdade?
Sim, claro. Mesmo quando estivemos na segunda liga continuámos sempre a trabalhar com uma estrutura e organização de clube de primeira. Estamos num grande concelho, com 89 freguesias e mais de 120 mil pessoas, numa região em que há uma enorme paixão pelo jogo; as pessoas adoram futebol e não é por acaso que só falta vender uns mil bilhetes para o jogo com o Benfica. Quando descemos de divisão as pessoas ficaram tristes e desmotivadas, depois tivemos de fazer um trabalho de recuperação do entusiasmo, inventámos iniciativas, tentámos chamar as famílias... e voltámos a ter grandes assistências. Ou seja, tudo indica que podemos ficar na primeira divisão por muitos anos.

Está satisfeito com a equipa? Este ano querem terminar em que lugar?
Queremos fazer um campeonato tranquilo, andar pelo meio da tabela. Temos o plantel possível, tendo em conta as dificuldades, mas ainda nos faltam três jogadores, que devem chegar na próxima semana. De qualquer forma não entramos em loucuras. O tempo é de crise e não é fácil arranjar dinheiro.

Qual é o orçamento?
Três milhões de euros.

A manter um investimento desses onde é que vê o clube daqui a cinco anos?
Se não tivéssemos sido obrigados à tal travessia do deserto, hoje o Gil Vicente estaria a morder os calcanhares ao Vitória de Guimarães e ao Sporting de Braga. Está a ver a dimensão do clube que temos? O problema é que, se a primeira liga é o céu, para nós a segunda liga foi o inferno.

Então vai estar a morder os calcanhares dentro de quanto tempo?
Vamos ver, vamos esperar para ver como corre esta temporada; temos experiência, temos um treinador como o Paulo Alves, que conhece muito bem o futebol português, portanto podemos estar nesse nível dentro de três, quatro ou cinco anos.

Fonte: ionline
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ilicious
Intermédio
Intermédio
avatar

Mensagens : 101
Pontos : 95
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/07/2011
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?   Qui 11 Ago 2011, 13:45

Mateus escreveu:
Já podia estar a picar, se não fosse a descida de divisão, garante António Fiúza. Agora tudo recomeça e logo contra o Benfica

Barcelos. O maior concelho do país anda em festa e os bilhetes para o Gil Vicente-Benfica de sexta-feira, jogo que marca o início do campeonato e da nova época de futebol, estão praticamente esgotados. A depressão que se instalou há cinco anos, com a descida de divisão imposta de forma administrativa, no caso Mateus, está ultrapassada.

Na época passada, quando a equipa treinada pelo campeão do mundo sub-20 de Riade, Paulo Alves, confirmou o título da segunda liga e a subida à primeira, os galos apresentaram a sétima melhor média de assistências entre todos os clubes profissionais. Não é brincadeira. No total foram 61 118 espectadores; nenhum outro clube do segundo escalão se aproximou. De resto, só Benfica, FC Porto, Sporting, Sporting de Braga, Vitória de Guimarães e Académica apresentaram registo superior. O Trofense, que também subiu de divisão, não chegou nem a metade desse número. É por isso que António Fiúza, presidente do Gil, diz ao i que é possível o clube crescer e morder calcanhares aos outros minhotos, Guimarães e Braga.

Mas já lá vamos, porque nem sempre foi assim. Recuemos cinco anos. A 22 de Agosto de 2006, o caso Mateus chegava ao fim e condenava o Gil Vicente à descida de divisão. O processo tinha começado em Janeiro (é preciso lembrar que estamos em Portugal?), com a recusa da inscrição de Mateus, um jogador angolano que na mesma época já tinha assinado um contrato profissional com o Felgueiras e outro amador com o Lixa. Entre acórdãos, recursos e suspeitas de corrupção nas instâncias desportivas, o Gil Vicente acabou penalizado por ter recorrido para os tribunais civis, o que vai contra as leis da FIFA. Depois o Belenenses é que acabou por ficar na primeira divisão (se bem que o Leixões também se tenha feito ao piso) e o Gil Vicente foi condenado à segunda liga e à tal fase depressiva. A revolta foi tal que o clube chegou a faltar a três jogos da liga de honra, aproximando-se de uma possível suspensão de cinco anos.

A primeira temporada na segunda divisão, em 2006/07, serviu para evitar mais uma descida. Em 2009/10 a equipa concentrou-se por fim no projecto de subida, objectivo conseguido na época passada com Paulo Alves e António Fiúza, treinador e presidente que tinham vivido a descida. Hoje é dia de falar com o dirigente.

António Fiúza, boa tarde. Há cinco anos o Gil Vicente viu confirmar-se a descida de divisão. O regresso tardou demasiado?
Foi uma travessia no deserto que nos custou muito. Confirmaram a descida de divisão a poucos dias do fecho das inscrições... e olhe, curiosamente, na altura também devíamos começar o campeonato com o Benfica, exactamente como agora, mas no Estádio da Luz. É preciso lembrar que descemos com batota, porque alguém entendeu que um contrato de um jogador [Mateus] deve ser julgado segundo a lei desportiva, ou seja, não é um caso administrativo. Um contrato é como um penálti ou um cartão amarelo? Qualquer pessoa pode recorrer para os tribunais civis e nós não podemos?

O Gil Vicente regressou transmitindo a ideia de que é clube para se manter de forma consistente na primeira divisão. É verdade?
Sim, claro. Mesmo quando estivemos na segunda liga continuámos sempre a trabalhar com uma estrutura e organização de clube de primeira. Estamos num grande concelho, com 89 freguesias e mais de 120 mil pessoas, numa região em que há uma enorme paixão pelo jogo; as pessoas adoram futebol e não é por acaso que só falta vender uns mil bilhetes para o jogo com o Benfica. Quando descemos de divisão as pessoas ficaram tristes e desmotivadas, depois tivemos de fazer um trabalho de recuperação do entusiasmo, inventámos iniciativas, tentámos chamar as famílias... e voltámos a ter grandes assistências. Ou seja, tudo indica que podemos ficar na primeira divisão por muitos anos.

Está satisfeito com a equipa? Este ano querem terminar em que lugar?
Queremos fazer um campeonato tranquilo, andar pelo meio da tabela. Temos o plantel possível, tendo em conta as dificuldades, mas ainda nos faltam três jogadores, que devem chegar na próxima semana. De qualquer forma não entramos em loucuras. O tempo é de crise e não é fácil arranjar dinheiro.

Qual é o orçamento?
Três milhões de euros.

A manter um investimento desses onde é que vê o clube daqui a cinco anos?
Se não tivéssemos sido obrigados à tal travessia do deserto, hoje o Gil Vicente estaria a morder os calcanhares ao Vitória de Guimarães e ao Sporting de Braga. Está a ver a dimensão do clube que temos? O problema é que, se a primeira liga é o céu, para nós a segunda liga foi o inferno.

Então vai estar a morder os calcanhares dentro de quanto tempo?
Vamos ver, vamos esperar para ver como corre esta temporada; temos experiência, temos um treinador como o Paulo Alves, que conhece muito bem o futebol português, portanto podemos estar nesse nível dentro de três, quatro ou cinco anos.

Fonte: ionline

Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mateus
Profissional
Profissional
avatar

Mensagens : 767
Pontos : 771
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/07/2011
Idade : 28
Localização : Barcelos

MensagemAssunto: Re: Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?   Qui 11 Ago 2011, 13:50

Temos tudo para dentro de poucos anos estarmos a um nível muito próximo do Braga e do Vitória de Guimarães.
Só é preciso que os adeptos continuem a apoiar a equipa e que a equipa continue a empolgar os adeptos. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mário César
Classe Mundial
Classe Mundial
avatar

Mensagens : 1007
Pontos : 970
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/07/2011
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?   Qui 11 Ago 2011, 14:19

Fiquei contente por saber que para a semana há mais reforços.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Gil Vicente. O galo vai picar os calcanhares ao Guimarães e ao Braga?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» PORQUE QUE A CBX se CHAMA 7-GALO!! Rrsrsrssrrss!!
» Suzuki GSX 750F (1994 a 1998) ou Honda CBX 750F (7 galo)
» 1º CDK - Road Day - 29/01/11 - São Vicente/SP
» Reforma de um Tanger vale a pena!?
» 7Galo x RD 350 - sonhos de uma geração

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Gil Vicente Futebol Clube :: Rumores / Notícias-
Ir para: